Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Salário do proletariado ou da burguesia? | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Salário do proletariado ou da burguesia?

Recebi esta denunúncia por email. Na verdade não chega a ser uma denúncia pois está no site neste endereço, que é domínio da Petrobrás e é público! Como, me digam, uma pessoa recebe um salário desses e ainda diz que é do povo?? E ainda tem milhões de otários querendo davar voto para ela? Deêm uma lida e tirem suas conclusões.

ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA DA
PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. – PETROBRAS,
REALIZADA EM 8 DE ABRIL DE 2009

(Lavrada sob a forma de sumário, conforme facultado pelo parágrafo primeiro do artigo 130 da Lei no 6.404, de 15 de dezembro de 1976)

I. DIA, HORA E LOCAL:

Assembléia realizada às 15 horas do dia 8 de abril de 2009, na sede social, na cidade do Rio de Janeiro, RJ, na Avenida República do Chile, no 65.

(…)

Item IV: Foram reeleitos como membros do Conselho de Administração da Companhia, na forma do voto da União, com mandato de 1 (um) ano, permitida a reeleição, a Senhora Dilma Vana Rousseff, brasileira, natural da cidade de Belo Horizonte (MG), divorciada e economista e os Senhores Guido Mantega, brasileiro, natural de Gênova, Itália, casado e economista; Silas Rondeau Cavalcante Silva, brasileiro, natural da cidade de Barra da Corda (MA), casado e engenheiro; José Sergio Gabrielli de Azevedo, brasileiro, natural da cidade de Salvador (BA), divorciado e economista; Francisco Roberto de Albuquerque, brasileiro, natural da cidade de São Paulo, casado e General de Exército Reformado; e Luciano Galvão Coutinho, brasileiro, natural da cidade de Recife (PE), divorciado e economista.

(…)

Item V: Foi designada, dentre os Conselheiros reeleitos e eleitos, pela maioria dos acionistas presentes, para o cargo de Presidente do Conselho de Administração, a Conselheira Dilma Vana Rousseff.

(…)

Item VII: Pelo voto da maioria dos acionistas presentes, em conformidade com o voto da representante da União, foi aprovada a fixação da remuneração global a ser paga aos administradores da Petrobras em R$8.266.600,00 (oito milhões, duzentos e sessenta e seis mil e seiscentos reais), no período compreendido entre abril de 2009 e março de 2010, aí incluídos: honorários mensais, gratificação de férias, gratificação natalina (13º salário), participação nos lucros e resultados; passagens aéreas, previdência privada complementar, e auxílio moradia, nos termos do Decreto nº 3.255, de 19.11.1999, mantendo-se os honorários no mesmo valor nominal praticado no mês precedente à AGO de 2009, vedado expressamente o repasse aos respectivos honorários de quaisquer benefícios que, eventualmente, vierem a ser concedidos aos empregados da empresa, por ocasião da formalização do Acordo Coletivo de Trabalho – ACT na sua respectiva data-base de 2009.

PELO AMOR DE DEUS!! São seis pessoas para dividirem mais de 8 MILHÕES no ano. Dá mais de CEM MIL REAIS POR MÊS para cada um!

E essa corja de mafiosos ainda recebe os votos de milhões.

O BRASIL merece!

Contibuição por email de David Ayrolla



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



2 Comentários para “Salário do proletariado ou da burguesia?”

  1. Robson disse:

    Caro pastor, ao ler cuidadosamente a ata, verá que a Presidenta Dilma fazia parte, saiu para concorrer a presidência, do conselho deliberativo, não daadministração, logo a verba a que se refere (8 milhões) são para os administradores, verá também que a parte que trata da remuneração do conselho fica em outro ítem.

    Destacando partes da ata fica parecendo que tendenciosamente quer pregar falaciosamente que nossa Presidenta estaria recebendo essa enorme quantia.

    Faça um favor a sua consciência e ao respeito que tem a seus leitores que leia cuidadosamente a ata.

    abraço

    seu irmão de fé.

    • Rodolpho disse:

      Prezado Robson,
      Ao ler seu comentário, não pude deixar de apresentar o meu. Vamos aos pontos:

      “1 – verá que a Presidenta Dilma fazia parte, saiu para concorrer a presidência, do conselho deliberativo, não daadministração”
      R – Em momento algum a ata mencionada no post (e com link original disponível) diz que a referida Srª Dilma Rousseff saiu para concorrer a presidência do conselho deliberativo. Nem tal palavra é seguer mencionada no referido documento. Muito pelo contráio, tal ata diz que a referida foi “reeleita”, ou seja, já fazia parte na antiga gestão e continuou fazendo na atual gestão do conselho administrativo e recbendo por isso. E isso está claramente apresentado no documento (item V).

      “2-Destacando partes da ata fica parecendo que tendenciosamente quer pregar falaciosamente que nossa Presidenta estaria recebendo essa enorme quantia”
      R- Isso está explicitamente e claro no documento em questão que só um leigo completamente não entenderia o disposto no item VII.

      Caso desconcorde de tudo isso, favor colocar aqui a fundamentação e prova do seus argumentos que até agora não foi convincente.

      Não devemos envolver fanatismo com fatos concretos pois se partirmos desta linha, nunca chegaremos a um fato concreto. O fanatismo destroi a nossa conciência e razão…

      Fica aqui algumas leituras para reflexões:
      Constituição Federal Brasileira, artigos 84 e 85….

      Presidente (ou outro parlamentar qualquer) não faz favor…faz obrigação!

Deixe seu Comentário