Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 RESAR #5 – Anjos E Demônios | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

RESAR #5 – Anjos E Demônios

Olá!
Sejam bem-vindos ao RESAR – Relação Entre Schias, Arte e Religião, a coluna que traz obras de arte e as analisa sob uma ótica cristã.
Você pode participar dando ideias nos comentários!

Como superar um RESAR sobre possíveis descendentes de Jesus Cristo?
Pegando outra obra polêmica de Dan Brown!

Sim, Anjos e Demônios é outra obra de Dan Brown protagonizada por Robert Langdom, mas tem discrepâncias de publicação entre filme e livro. O filme se passa após Código DaVinci, mas o livro foi lançado e se passa antes dos eventos em Paris.

Nele, Langdom é chamado pelo Vaticano quando quatro cardeais são sequestrados pelo que aparentemente ser uma nova formação  da sociedade secreta Illuminatti. Estes quatro cardeais são os Preferiti, os mais cotados para a votação para o novo Papa,  já que o Papa faleceu. Estes sequestradores também prometem explodir o Vaticano com uma partícula de antimatéria, substância que é similar ao poder de uma bomba atômica.

Langdom é convocado para ajudar a entender as ameaças e resgatar os Cardeais. Ele se junta à Guarda Suíça do Vaticano e Vittoria Vetra, uma cientista que pesquisava a antimatéria. Enquanto isso, o Camerlengo, Padre que assume o comando do Vaticano enquanto acontece o Conclave, tenta decidir o que deve ser divulgado ou não.

Os Illuminati são mais lenda que verdade. Teria sido um grupo secreto ligado à Teoria do Iluminismo, que imperou na França pós-Queda da Bastilha, e acabou desafiando os preceitos da Igreja. Segundo lendas, a Igreja teria mandado eliminar os Iluministas, mas fato é que não se encontrou nenhum vestígio que comprovasse a existência deles ou mesmo de que algum cientista famoso, como Galileu, era membro dos Illuminati.

Na trama, os terroristas utilizaram de pontos de Igrejas e locais históricos de Roma para traçar o “Caminho da Luz”, levando à possível eliminação dos Cardeais. Langdom e Vetra tentam salvar os Cardeais. Mas aí não vou contar toda a história. Ainda.

E A RELIGIÃO?

Bom, devo respeitar a obra, principalmente em filme, que mostrou muitas coisas como são. Quando o Papa morre, seu anel é amassado, e o anel se chama Anel do Pescador (Profissão anterior de Pedro, o Primeiro Papa). O Camerlengo, que cumpre papel administrativo, cuida do Vaticano em questões do dia-a-dia, mas não pode fazer declarações nem grandes decisões. Enquanto isso, ocorre o Conclave, e os Cardeais não saem do Vaticano até se decidirem por unanimidade. Até que isto ocorra, os papeis de votação são colocados em uma fornalha com um pó que torna a fumaça preta. Quando a decisão é tomada, a fumaça é branca, anunciando que há um novo Papa, que logo recebe um título para assumir (como João Paulo II e Bento XVI), que passará a usar ao invés de seu nome de batismo.

Tudo isto é mostrado no filme, e de forma bem respeitosa.

É fato que a Igreja Católica já cometeu muitos erros, mas não existem provas concretas de que os Illuminati mesmo existiram ou confrontaram a Igreja. Dan Brown tem a mania de pegar uma lenda com possibilidade de ser verdade e explorar e criar uma falsa veradicidade, como é feito com o nome de Galileu Galilei ligado aos Illuminati.

Agora posso soltar uns Spoilers?

SPOILER
SPOILER
SPOILER
SPOILER

Sabe o que é Voto de Castidade? É algo que qualquer homem deve fazer para ser ordenado Padre. Padre pode virar Bispo. Bispo pode virar Cardeal. Cardeal pode virar Papa. Castidade é a reclusão voluntária de realizar atividades sexuais. O Padre toma a Igreja como sua família, e todos os fieis que se consultam com ele são como “filhos”.

Mas, principalmente…

PAPAS NÃO POSSUEM FILHOS!

No final do livro é revelado que o Camerlengo é o vilão. Onde ele arranjaria tempo para bolar tudo isso e NINGUÉM perceber, eu não sei. Mas ainda por cima é falado que o Papa que faleceu teve o Camerlengo através de inseminação artificial o que, de qualquer forma, quebra o Voto de Castidade. Com isso, o Camerlengo envenenou o Papa…

(sim, UM PADRE DO VATICANO ENVENENOU O PAPA…)

… para tomar o controle do Vaticano enquanto eliminava os Cardeais. Ele mesmo retiraria a antimatéria do Vaticano, se tornando heroi e, quem sabe, elegível a Papa (sendo que os Cardeais já estavam no Conclave).

A Relação Entre Arte e Religião é muito tênue em Anjos E Demônios. Enquanto muitos tem a chance de conhecer alguns rituais interessantes do Vaticano, como do Conclave (muita gente só sabe que fumaça branca = Papa novo), Dan Brown defeca, pisa em cima e espalha com os pés dançando macarena em diversos pontos importantíssimos da religião.



Publicado por Vinícius Schiavini, Vinícius Schiavini é podcaster, blogueiro, professor, consultor, empresário, Ministro e mais 684 profissões.



Um Comentário para “RESAR #5 – Anjos E Demônios”

  1. patrick disse:

    primeira coisa o camerlengo e filho adotivo do papa o papa viu seu pai morrer em um atentado terrorista ficou com pena e cuidou dele entendeu?

Deixe seu Comentário