Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 E se Deus o convidar para ser pequeno? | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

E se Deus o convidar para ser pequeno?

O homem é muito pequeno diante de DeusComo reagiria o seu coração se pudesse alcançar os propósitos de Deus e descobrisse que o lugar que ele lhe reserva é nos bastidores, atrás das cortinas? Estaria pronto — mais que isso, alegre — para dedicar-se nos bastidores? Seria capaz de alimentar seu espírito tão somente com a aprovação de Deus, sem nunca relatar aos outros suas ofertas, as madrugadas de oração ou mesmo o serviço despendido?

Essas difíceis respostas nos revelarão para quem trabalhamos, a quem servimos, se ao Senhor ou à igreja. A forma como reagimos ao destaque que nos dão — ou não — também é um bom indicador. Quando de fato servimos ao criador, importa-nos sermos úteis; vale mais ouví-lo que falar, estamos satisfeitos em ser servos. Se o nosso coração é grato ao Senhor, o serviço que desenvolvemos é a oferta, o tempo que gastamos com o aflito é investimento; as horas de oração são instrução. Alegramo-nos com o crescimento do Reino, a despeito de quem esteja sendo destacado; exultamo-nos com as bênçãos do outro, mesmo que ninguém tenha nos notado…

Como Belém ou Nazaré, pequena e discreta, mas imensa em valor para os propósitos de Deus, estejamos eu e você dispostos à doação anônima, ao serviço desinteressado, a nos dedicar por gratidão. Afinal, nossa coroa já foi conquistada, nosso Mestre morreu servindo e nos garante que no céu, o maior é aquele que servir o menor.

Andréia V. P. Schmidt



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



3 Comentários para “E se Deus o convidar para ser pequeno?”

  1. Meire disse:

    Um exemplo de servir sem ser notado é o exercício da intercessão, já vivenciei lindas experiências através desse ministério maravilhoso. Mas nem sempre o bichinho caim que existe em mim quer permanecer sepultado, as vezes ele quer ressurgir com maior força que desejaria admitir, mas ele existe e não posso negar. Mas o melhor é que nessas horas O Bom Deus me toma pela mão e me conduz ao caminho que devo seguir.

  2. Isso é algo difícil. Já passei por algo parecido quando tive que deixar um cargo que tinha para outra pessoa assumir a tive que ficar trabalhando “nos bastidores”, lembro que no início apareceu aquela pontinha de vontade de estar novamente “nos olhos do publico”, mas Deus me ensinou que onde eu estiver Ele estará me olhando e que não devo servir a homens e sim a Ele. Não importa com o que seja.

  3. pr carlito disse:

    quem por ser sabio se cala, por se calar se esquese,naõ é errado guerer falar.

Deixe seu Comentário