Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Padre Esperto | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Padre Esperto

Ação do Ministério Público Federal que pede a retirada de símbolos religiosos nos locais públicos federais de São Paulo, sobre a decisão de retirarem a Cruz dos lugares públicos.

Vejam a resposta bem dada de um padre consciente! Espalhe que esta é boa…

Sou padre católico e concordo plenamente com o Ministério Público de São Paulo, por querer retirar os símbolos religiosos das repartições públicas..
Nosso Estado é laico e não deve favorecer esta ou aquela religião.
A Cruz deve ser retirada !
Nunca gostei de ver a Cruz em tribunais, onde os pobres têm menos direitos que os ricos e onde sentenças são vendidas e compradas.
Não quero ver a Cruz nas Câmaras Legislativas, onde a corrupção é a moeda mais forte.
Não quero ver a Cruz em delegacias, cadeias e quartéis, onde só pobres ficam presos,
Não quero ver a Cruz em prontos-socorros e hospitais, onde pessoas pobres morrem sem atendimento.
É preciso retirar a Cruz das repartições públicas, porque Cristo não abençoa a sórdida política brasileira, causa da desgraça dos pequenos e pobres.

Frade Demetrius dos Santos Silva  – São Paulo/SP

Muito bom, não é mesmo?

Recebido por email

Pastor Claybom



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



Um Comentário para “Padre Esperto”

  1. Não sou a favor da afixação de cruzes em locais públicos de natureza não religiosa. Respeito o direito das pessoas de exercerem sua fé em qualquer lugar, mas uma imagem não é necessária para isso. Prefiro que imagens de adoraçao fiquem nos locais de adoraçao, mas como essa história de retirada de símbolos religiosos sempre cria mais polêmica do que soluciona, como a retirada dos símbolos sempre ofende mais que a permanência, acho que a decisão foi bastante infeliz. Há muita contorvérsia nessa relação estado/religião. O estado laico é um estado que se omite nos assuntos religiosos, nao favorecendo mas também nao se opondo a nenhuma religião. Uma vez que o Estado tem que respeitar a cultura de seu povo, na qual a religião se encontra entremeada, deve haver respeito aos símbolos e festividades religiosos.

    Que tal se retirarem também os feriados religiosos? Vamos todos trabalhar no dia de Nossa Senhora Aparecida, Corpus Christi, dia dos padroeiros dos municípios, sexta feira santa, Natal… até o carnaval, inclusive, é uma festa de motivaçao religiosa.
    Dou um prêmio para quem achar um juiz que dê uma sentença a favor disso…

Deixe seu Comentário