Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 O que é Wolfram Alpha? | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

O que é Wolfram Alpha?

Nova Ferramenta na internetAo contrário do que se esperava, a ferramenta não pretende concorrer com os sites de buscas.

A Geek passou a semana testando e fazendo experiências com o novo motor de buscas Wolfram, que se propõe a dar respostas diretas às perguntas dos internautas em vez de encaminhá-los a uma lista de sites que contenham a informação.

O nome do físico britânico Stephen Wolfram tem sido presença certa nas publicações especializadas em Internet e TI nas últimas semanas. O cientista, inventor e empresário lançou esta semana uma ferramenta online que promete revolucionar a compilação de informações através da web.

A Wolfram Alpha, que, suspeitava-se, aspiraria a concorrente de sites de busca, na verdade tem, um enfoque diferente: reunir dados relacionados ao assunto pesquisado pelo usuário e apresentar diretamente os resultados de forma resumida, em vez de sugerir sites diversos que contenham a informação. Ao se perguntar algo sobre uma data, por exemplo, os resultados trazem desde a posição do valor nos 365 ou 366 dias do ano, a fase da lua, o dia da semana e até se o dado dia é feriado em algum país.

Disponível no endereço www.wolframalpha.com, a nova ferramenta traz uma interface limpa, em tons alaranjados, de forma semelhante à maioria dos mecanismos de busca existentes. Nesse estágio inicial, além do campo de busca, há exemplos de questões ou expressões de pesquisa passíveis de compreensão pelo buscador.

Dentre as combinações que o site pode interpretar temos além de palavras isoladas como “Springfield” ou “Los Angeles”, frases completas como “Quantos prótons há em um átomo de hidrogênio?”, segundo conta o Tech Crunch . As questões podem incluir também operações matemáticas (de somas a cálculo de integrais) ou informações sobre as condições do tempo em determinada cidade há dez anos atrás.

A Wolfram Alpha foi desenvolvida com base em “modelos de conhecimento do mundo real”, diz seu criador ao site Twine.com. Para ser capaz de responder a perguntas objetivas e em linguagem natural são utilizados modelos embutidos sobre campos do conhecimento, complementados por dados e algoritmos que resultam em uma compilação de “peças” da realidade. Por se tratar de um sistema desenvolvido para “computar respostas a perguntas” em vez de apontar diversas páginas sobre o assunto pesquisado, a invenção não ameaça o espaço de serviços consolidados como Google, Yahoo! e Windows Live Search, afirma Wolfram.

Além de representar uma mudança significativa na forma com que buscamos informações na web, a ferramenta parece estar chamando atenção dos especialistas também pela capacidade de lidar com a frases em linguagem natural, como afirma o ArsTechnica. A capacidade da ferramenta em lidar com sentenças completas aponta estarmos cada vez mais perto daquilo que tem sido chamado de Web Semântica: uma nova era da rede, capaz de fornecer acesso mais simples ao infinito de informação que armazena.

Por outro lado, o sistema tem seus críticos – e alguns argumentos têm fundamento. Em nossos testes, percebemos que o modus operandi do site pode resolver a alguns problemas em certas áreas do conhecimento e ser completamente inútil em outras. Outra crítica comum, e da qual compartilhamos, é a de que o site, por eliminar a possibilidade de pesquisa em diversas fontes e entregar o pacote pronto, possa levar à disseminação de informações equivocadas ou incompletas.

O mecanismo, além disso, ainda está restrito à língua inglesa e, mesmo nela, é limitado. Isso pode reduzir ainda mais a penetração do Wolfram ao redor do mundo. De todo modo, a maioria das resenhas já publicadas bate com nossas primeiras impressões sobre o serviço: embora seja interessante e muito inteligente, e resolva certos problemas de busca de dados úteis, não deve ser uma ferramenta de uso generalizado.

O principal erro na hora de tentar explicar o Wolfram Alpha é considerá-lo como um “mecanismo de busca”, uma vez que a concepção do termo entre os internautas é de diretórios complexos que agregam links para diversas páginas. Wolfram Alpha está mais para uma calculadora de capacidades avançadas.

Prova disto é que basta procurar por uma fórmula matemática para que Wolfram Alpha retorne valores e gráficos. Apesar de atacar por um nicho muito específico, de engenheiros, matemáticos e físicos, profissão de Stephen Wolfram, criador da ferramenta, também tem alguns usos que podem agradar os usuários tradicionais.

Uma busca por um valor qualquer em reais (R$ 250) acompanhado da sigla do dólar (US$) retorna a conversão atualizada, com um histórico mensal da variação para aquela taxa e uma lista com mais algumas moedas, entre elas euro e pesos argentinos.

Também curiosa é a capacidade de analisar ingredientes. Digite, por exemplo, o prato típico brasileiro: arroz, feijão, bife e ovo, em quantias aproximadas separadas pelo sinal de mais e, em pouco tempo o Wolfram Alpha retornará uma lista de valores nutricionais do prato.

O aplicativo também é capaz de saciar curiosidades como “quantas pessoas existem nos Estados Unidos com o meu nome?”, ou então “o que aconteceu no meu aniversário e quantos dias eu já vivi?”, o que no fim das contas pouca utilidade prática teria.

Mas o Wolfram tropeça em buscas não ligadas à matemática. A procura pelo nome de um filme, por exemplo, retorna informações que poderiam ser obtidas de forma mais completa a partir do site IMDB ou então da Wikipédia ou mesmo no Google. Se a busca for Star Wars, por exemplo, o sistema retorna o nome do diretor e escritor, a data de lançamento, o tempo de reprodução, os gêneros e os valores arrecadados na estréia, bem como uma lista de atores e um botãozinho que leva aos outros filmes da série. Ficam de fora dados importantes e que poderiam ser do interesse do usuário, como sinopse e site oficial, apenas para nomear dois.

Talvez seja pela atenção que a aplicação, lançada há uma semana, tenha atraído, mas em diversas das buscas realizadas pela Geek a conexão demorou tanto que a busca não retornou resultados. A idéia de formatar dados e apresentá-los de forma concisa leva ao retorno muito mais lento de informações do que acontece em um mecanismo como o Google, o que se justificaria se o programa fosse capaz de prover todas as informações que um usuário possa desejar, uma meta impossível de ser obtida.

O Wolfram Alpha é novo por sua abrangência, reunindo diversos “pequenos talentos” já oferecidos por outros softwares, agregando tudo sob uma mesma interface. Agora, tem um longo caminho a percorrer para aumentar sua base, que ainda é bastante ínfima comparada ao que pode ser. Embora seja bastante útil para cientistas e engenheiros, a ferramenta pode se tornar verdadeiramente útil para uma gama maior de usuários, e não ser apenas um lugar para saciar a curiosidades exóticas.

Vale reafirmar que o papel do mecanismo não é substituir os diretórios tradicionais. Não espere links para páginas interessantes sobre o tema pesquisado, embora um botão para a busca do termo no Google tenha sido adicionado à sua interface exatamente por este fim.
Se digitamos o nome de um músico como Michael Jackson, o Wolfram retorna informações como seu nome completo, sua data e local de nascimento. Digite o mesmo termo no Google e você encontrará sites oficiais, notícias recentes, blogs que elogiam e criticam, links para assistir a vídeos no YouTube, sites com letras de suas músicas e outros dados que podem parecer bem mais atraentes aos olhos do usuário.

“Ele é a criança nerd que as outras crianças procuram apenas quando precisam de ajuda com um exame de Física, não um rival ao descolado, bem acompanhado e espertinho Goole”, brinca Ryan Singel, do blog Epicenter, do site da Wired.

O site Lifehacker recomenda aos usuários de internet que não abandonem o Google, mas que também não desprezem o Wolfram, utilizando este para ter sempre uma segunda opinião quando a ação é uma pesquisa na internet. “As pessoas por trás do projeto estão ignorando qualquer discurso de serem um assassino do Google, ao invés de destacar o fato de que ele é uma outra forma de obter informações on-line”, disse Christopher Nickson, do site Digital Trends.

De fato, o Wolfram Alpha não concorre com o Google, mas abre outros pontos de vista para as informações disponíveis na rede, como se fosse o mesmo panorama visto por diferentes janelas. Muita informação que existe na grande nuvem não é acessada porque as pessoas não sabem utilizar o termo certo para procurá-las, e esse novo serviço pode mudar isso. O Wolfram é especialista em cálculos, comparações, localizações, informações precisas e consultas complexas, e não parece representar qualquer tipo de ameça ao Google e seus colegas buscadores – corroborando o que seu criador e mantenedores seguidamente afirmam.

Fonte: Geek



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



2 Comentários para “O que é Wolfram Alpha?”

  1. orlando disse:

    gostaria de saber do Pastor, onde esta notado na biblia que os membros da igreja devem cuidar do Pastor da igreja

Deixe seu Comentário