Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Twitter tem taxa de desistência de 60%, diz estudo | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Twitter tem taxa de desistência de 60%, diz estudo

Reuters

Foto: ReproduçãoSIDNEY – Muitos usuários do Twitter abandonam rapidamente o site, de acordo com dados que colocam em dúvida o sucesso a longo prazo da mais recente sensação das redes sociais, utilizada por celebridades como Oprah Winfrey e Britney Spears. Uma pesquisa da Nielsen Online, que mede o tráfego na internet, indica que mais de 60% dos usuários do Twitter deixaram de usar o site gratuito um mês depois de se inscrever.

– A taxa de retenção de audiência do Twitter, ou a porcentagem de usuários em um mês que voltam no mês seguinte, é de cerca de 40% – afirma David Martin, vice-presidente de pesquisa da Nielsen Online – Durante a maior parte dos últimos 12 meses, antes de Oprah começar a usá-lo, o Twitter chegou a menos de 30% de retenção – acrescenta ele.

Gripe suína também se propaga pela internet

O site com base em São Francisco foi criado há três anos como um serviço online que permite que as pessoas recebam mensagens de até 140 caracteres, os “tweets”, de quaisquer pessoas, que podem enviá-las de seus computadores ou aparelhos celulares.

O Twitter tem gozado de um recente aumento de popularidade graças a celebridades como ator Ashton Kutcher e a apresentadora de televisão Oprah Winfrey, que enviam “tweets” aos seus seguidores sobre suas atividades cotidianas ou com comentários sobre o noticiário.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, usou o Twitter durante a campanha eleitoral do ano passado. Outras celebridades que utilizam a ferramenta são o jogador de basquete Shaquille O’Neal, o ator inglês Stephen Fry e as cantoras pop Britney Spears e Miley Cyrus.

Por ser uma empresa privada, o Twitter não revela o número de seus usuários, mas de acordo com a Nielsen Online, o site teve mais de 7 milhões de visitas individuais em fevereiro, contra 475 mil no mesmo mês de 2008. Mas Martin afirma que uma taxa de retenção de 40% vai limitar o crescimento do site a um limite de 10% a longo prazo.

– Simplesmente não há usuários novos o suficiente para compensar aqueles que abandonam o serviço – explica.

Fonte: O Globo



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



Deixe seu Comentário