Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Tumulto nas barcas – Culpa de quem? | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Tumulto nas barcas – Culpa de quem?

barcasExmo Sr.Governador do Estado do Rio de Janeiro e senhores deputados da assembléia legislativa. Hoje, dia oito de abril de dois mil e nove, foi sem sombra de dúvida o pior dia de travessia nas Barcas no trajeto da Praça XV à Praça Araribóia nos meus vinte e nove anos de usuário dessa companhia. Cheguei nas estações das barcas por volta das 18:20 e fiquei parado por 20 minutos no mesmo lugar esperando a fila que já estava com mais de cem metros andar. Começou a andar e em menos de cinco minutos já travaram as roletas pois o número de passageiros já tinha lotado a próxima embarcação. Nesse momento então é que começou o tumulto nas barcas. Os usuários do RioCard, cuja fila era simplesmente o dobra da fila de ticket estavam revoltados pois nem começaram a caminhar e já travavam as roletas. Começou a gritaria, palavras de ordem a favor da balbúrdia até começarem a invadir a estação.
Sinceramente, nunca vi isso nos meus vinte e nove anos de usuário. Nem em 98, antes de privatizarem as barcas, presenciei tal acontecimento. Os seguranças simplesmente abandoram seus postos! Paines foram apagados e nenhuma informação foi passada! Começaram o quebra-quebra dentro da estação. Alguns usuários com medo, foram pedir seu dinheiro de volta para poderem pegar o ônibus para Niterói; mas o que fizeram? Simplesmente negaram a devolução do bilhete! Quase quebraram a bilheteria! Cadê o direito do consumidor nesta hora?

Isso foi realmente uma selvageria mas… Sr.Governador Sergio Cabral e senhores deputados, os Srs. acham que este fato foi único? Que foi provocado por um grupo de arruaceiros? Eu digo com certeza absoluta que todo santo dia a Cia.Barcas SA, na hora do rush, é um barril de pólvora! Todo santo dia eu presencio uma turma enfurecida querendo fazer alguma coisa? Os senhores estão surpresos? Eu não!

Olha o que diz o site das Barcas S/A: em fevereiro de 1998 as barcas assumem o controle da frota sucateada onde constavam 3 barcas em regime operacional e em 1999 passa a contar com o operacional de 8 embarcações. O que o site das Barcas S/A não cita é que até outubro de 1997, justificando algumas falhas, a travessia das Barcas era de 7 em 7 minutos Transportando 2000 passageiros em cada embarcação no horário do rush. Ou seja: a cada 63 minutos as barcas transportavam 18.000 passageiros. Hoje com os modernos catamarâs sociais que tem um calor infernal, temos, no horário do rush, em 60 minutos 6 embarcações transportando a ínfima quantia de 7.200 passageiros. Deixa eu perguntar uma coisa Sr.Governador Sérgio Cabral: a população do seu estado diminuiu assim nos últimos 12 anos? O Sr. Tem hoje menos eleitores do que tinha em 1997?

Hoje eu vi um senhor de idade passando mal com a mão no coração, vi uma jovem senhora grávida sendo amparada dentro de uma lanchonete, vi uma mãe com um pequeno recém nascido no colo chorando com medo de acontecer alguma coisa com seu bêbe. Será, Sr.Governador, que vamos ter que presenciar uma tragédia para que alguma coisa seja finalmente feita? Eu lembro que amanhã, quinta-feira, dia 09/04/2009 é véspera do feriadão da semana santa e como será? Eu, sinceramente, estou com medo de ir para o trabalho e voltar para casa.

Sou um ministro evangélico e não posso ficar contente com a destruição do patrimônio alheio e nem posso elogiar aqueles que fizeram isso. Mas… será que a Cia Barcas S/A aprendeu a lição? Será que terão que haver outros tumultos como esse para que as autoridades façam alguma coisa? Espero que este alerta faça prevalecer a autoridade que o poder executivo tenha; espero que não seja o poder do dinheiro que prevaleça nesta questão. Espero que os cidadões que sofrem todo dia com este transporte precário.

Por isso mesmo estou enviando este texto para todos os jornais, sites, postarei no meu blog e farei a divulgação por Twitter e todas as ferramentas de rede social que existe para que todos saibam o que nós cariocas e fluminenses estamos passando.



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



Um Comentário para “Tumulto nas barcas – Culpa de quem?”

  1. Pedro Torres disse:

    Isso é um absurdo, eu poderia dizer que é culpa do capitalismo, mas aieu vivo nesa bosta e tenho que aceitar, mas ainda não aceitando acredito que o papel do estado é regular as empresas empresa de modo que quem sofra não seja o cidadão, nem a empresa (por mais que eu gostaria que isso acontecesse), nem ninguem, devemos regular estas empresas para que não aconteça o que aconteceu ontem, eu moro em recife, felizmente aqui não é necessário utilizar este tipo de serviço, mas me compadeço com meu compatriotas do lado sudeste do Brasil, apesar de todo pre-conceito que eles tem conosco (nordestinos), acho que temos todos que nos unir pra destruir o capitalism…ops a corrupção desse pais! viva o socialism…opa o povo!
    =D acho que estou um pouco entusiasmado demais com minha entreda na politica quando eu fizer 16 anos, xD.

Deixe seu Comentário