Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Dia a dia tome a sua cruz e siga-me | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Dia a dia tome a sua cruz e siga-me

Lucas 9.23: “E dizia a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.

A cruz - a marca da salvação.Na época em que Jesus proferiu estas palavras, cruz era sinônimo de morte. Ela marcava o fim da vida de uma pessoa. Era o conhecido método de execução da pena de morte dos romanos. Quando alguém era condenado à morte, era na cruz que a pena era executada. Os romanos ordenavam que a pessoa tomasse a própria cruz e a carregasse até o local da execução.

Os discípulos que estavam ouvindo estas palavras entenderam claramente que Jesus falava sobre morte. Eles compreenderam que Ele estava dizendo que quem quisesse segui-lo deveria ter disposição de morrer. Quanto a isso certamente não houve dúvida.

O fator intrigante nas palavras de Jesus é que a pessoa que tomava sua cruz no método romano fazia isso somente uma vez. Ela tomava sua cruz, caminhava até o local da crucificação, ali ela era pregada e deixada exposta até a morte. Quando a pessoa demorava a morrer, soldados romanos lhe quebravam as pernas, afim de que morresse mais rápido.

Jesus, porém falou de tomar a cruz dia a dia. Ele não estava falando sobre morrer uma vez só, como acontecia na prática romana. Aqui ele está falando de morrer mais de uma vez.

Como pode ser isso? Como alguém pode morrer dia a dia? A morte não é de uma vez por todas?

A resposta é que no método romano a morte era física e Jesus está falando aqui da morte espiritual da natureza pecaminosa. Jesus está dizendo que segui-lo significa estar disposto a levar à morte a natureza pecaminosa todo dia.

No contexto Jesus fala sobre negar a si mesmo, fala sobre perder a vida por causa dele. Tomar a cruz dia a dia significa que nossa natureza pecaminosa tenta viver todo dia e nós devemos pregá-la todo dia numa cruz. Significa que quando estamos seguindo a Cristo, estamos morrendo para a velha natureza e vivendo a nova para Cristo.

Na prática significa que dia a dia temos que dizer não para nós mesmos. Nossos desejos pessoais que desagradam a Deus deverão ser pregados numa cruz. Nossos impulsos de ira, de vingança, de nervosismo deverão ser pregados numa cruz dia a dia. Os pedidos que nossa natureza nos faz deverão ser crucificados. Vontades muitas vezes que aparentemente não são maléficas, Deus pede que sejam pregadas na cruz. Aqueles momentos em que ficamos chateados porque as coisas não aconteceram como queríamos, devem ser pregados na cruz.

O fato é que ao contrário de abrir mão de nossos desejos, nós tentamos nos convencer de que eles não são maus e que eles não nos afastarão de Deus. Tentamos nos convencer de que Deus não se importa com eles.

Aqui vemos claramente a essência de seguir a Jesus. Por isso ele adverte seus discípulos. Não se pode seguir a Jesus e ao mesmo tempo ter satisfeito os desejos da natureza pecaminosa. Corremos o risco de seguir a Jesus e tentar manter viva nossa velha natureza. Por isso muitos erram, pois não entendem que a cada novo dia Jesus está nos convidando a viver para ele, e viver para ele significa pregar na cruz nossos desejos pessoais. Significa que serão apresentadas a nós oportunidades de tomar a cruz e morrer para o “eu”. O apóstolo Paulo entendeu isso muito bem, por isso ele escreveu aos gálatas: estou crucificado com Cristo (Gl 2.19). E aos romanos ele escreveu: “por amor de ti somos entregues à morte o dia todo” (Rm 8.36).

Jesus está então dizendo a seus discípulos: “Querem me seguir? Então estejam dispostos a abrir mão de seus desejos pessoais”. O caminho da vida significa a crucificação diária da natureza pecaminosa. Dia a dia tome a sua cruz e siga-me.

Clodoaldo Machado do Blog Fiel



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



2 Comentários para “Dia a dia tome a sua cruz e siga-me”

  1. Pastor Claybon que maravilha esta belíssima construção primeira vez que li e vi as fotos, como é bom o nosso Criador tocar nossos corações e fazer com que compreendamos as maravilhas de Suas mãos. Infelizmente muitos céticos irão questinar todas as verdades de Deus nas Escrituras, não precisamos provar nada, pois temos fé suficiente para contemplar estas maravilhas, os cientistas e arqueólogos estão descobrindo as verdades da Bíblia que já foram escritas a muitos anos, e mais incrível é que eles estão se rendendo aos pés de Cristo. Já são aproximadamente 100 mil cientistas cristãos no mundo que creem no criacionismo. Os arqueólogos a cada dia descobrem as cidades soterradas em várias partes do oriente comprovando toda a veracidade Bíblica, ,mas para nós não é novidade. Espero que as pessoas se interem mais sobre o assunto para não criticar sem conhecer, O Senhor sabe mais alguma coisa sobre os pedaços enormes de madeiras que estão submersos nas geleiras do monte ARARAT?
    Um abraço, obrigado pela belissima apresentação do artigo sobre a réplica da construção espero um dia conhecê-lo pessoalmente.
    Pastor Edson Sobreira Alves
    Igreja Batista regular maranata – Crato – Ceará – Brazil

  2. priscila disse:

    adorei tudo muito bem explicado tirou tds minhas duvidas parabens q DEUS continue te dando sabedoria e entendimento. não tenho palavras p´ra expressar o quanto fiquei satisfeita por ler essa palavra
    bjs fica na paz!!!

Deixe seu Comentário