Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 A antigravidade está muito perto da nossa realidade | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

A antigravidade está muito perto da nossa realidade

Pesquisadores do CERN, na Suíça, anunciaram ontem que conseguiram prender 309 átomos de antihidrogênio por 1000 segundos. Esta é uma importante notícia no que diz respeito aos estudos da antimatéria e da antigravidade.

O site Technology Review destaca que o anúncio de ontem representa um importante marco nas pesquisas, já que o máximo que os pesquisadores já conseguiram até então havia sido no final do ano passado, quando conseguiram prender 38 antiátomos por 172 milisegundos. O site destaca ainda que este feito pode ajudar a responder importante perguntas envolvendo a antimatéria e, especialmente, a antigravidade.

Para quem pode estar se perguntando o que é exatamente a antigravidade e para quê ela serve ou, ainda, por que isso é geek, calma lá. A atigravidade é o efeito contrário ao da gravidade à qual a matéria está naturalmente sujeita, ou seja, é o efeito contrário ao “cair para baixo”. Assim, se os pesquisadores conseguirem realmente desenvolver de modo controlado este efeito, acabaram de criar uma forma de investigar se a antimatéria “cai para cima”.

A antimatéria representa uma das teorias mais importantes para os estudos que envolvem a criação do Universo e sua expansão, por exemplo. Pesquisadores acreditam que o Universo seja constituído da mesma quantidade de antimatéria quanto de matéria, só que não e possível identificá-la. Em teoria, estes dois componentes são opostos e se repelem, o que seria uma explicação para não somente a expansão do Universo, mas também o aumento da velocidade de expansão.
Quem sabe uma hoverboard possa realmente existir no futuro. Crédito: Dvice.

Pensando rapidamente em aplicações para isso, não se pode deixar de lembrar do Hoverboard de Marty McFly da trilogia De volta para o futuro, assim como lembra o site Dvice. Uma quantidade correta de antimatéria em uma prancha deste tipo faria com que ela fosse repelida pelo chão e o peso do usuário controlaria sua flutuação, assim como uma bóia na água.

O CERN – Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire – é uma organização europeia para a pesquisa nuclear e é famoso por conter o maior acelerador de partículas do mundo. Mais detalhes sobre os resultados da pesquisa podem ser visto em sua publicação em PDF, no arXiv, clicando aqui .

Fonte: Geek



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



Deixe seu Comentário