Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Apesar de Multa, Oracle continua atacando a IBM | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Apesar de Multa, Oracle continua atacando a IBM

ibm-oracle-logoDurante recente evento da Oracle, o presidente da empresa, Larry Ellison, voltou a acusar a IBM de tentar conquistar os clientes de hardware da Sun Microsystems de forma abusiva. A ofensiva seria um contra-ataque à política adotada pela rival.

Mesmo após receber uma multa de US$ 10.000 por propaganda anti-IBM, conforme notícia publicada pela Geek (bit.ly/multaOracle), a Oracle continua na ofensiva. Segundo o site ZDNet, o co-Fundador da Oracle esteve no evento anual da compania chamado Oracle OpenWorld que aconteceu no dia 11 de outubro e seu principal discurso foi um ataque direto à IBM.

Ellison acusa a concorrente de colocar em prática uma campanha chamada “Sunset” (Por do sol), que diria a clientes da Sun que a Oracle estaria se retirando do mercado de hardware, portanto seus clientes deveriam migrar para a plataforma IBM. A Sun foi recentemente comprada pela Oracle.

“Nós não estamos nos desfazendo do mercado de hardware, nem uma parte dele” – se defendeu Ellison, antes de rasgar um anúncio da gigante rival e acusá-la de implantar mais servidores que o necessário, e dizer que seus servidores tem problemas de energia (apesar da IBM afirmar que se trata de controle de consumo de eletricidade).

O comandante da Oracle ainda disse que a combinação Sun-Oracle tem performance muito superior à solução da adversária e apresentou um relatório que mostra que servidores Sun-Oracle usam 8 vezes menos hardware que equipamentos da IBM, além de serem 26% mais rápidos e consumirem 4 vezes menos energia. Todavia, em nenhum momento Ellison anunciou os números do benchmark TPC-C prometidos anteriormente.

Uma peça publicitária da Oracle afirmou há algumas semanas que a combinação Sun+Oracle tinha melhor desempenho no índice TPC-C do que a solução da IBM – mas não divulgou esses números na época. A insinuação sem provas acabou se virando contra a Oracle, que foi multada em US$ 10 mil pela TPC, entidade que administra e regula esses testes de benchmark. A empresa teria prometido na ocasião revelar os números em breve, mas isso ainda não aconteceu.

O portal CIO destacou o desafio feito por Ellison: a Oracle pagaria um prêmio de US$ 10 milhões a qualquer empresa que tenha desenvolvido um banco de dados que não rode pelo menos duas vezes mais rápido em equipamentos Sun.

A aquisição da Sun por parte da Oracle aguarda aprovação dos órgãos reguladores. Enquanto a aprovação não sai (o que só acontecerá em 2010), a Oracle tem, segundo Ellison, um prejuízo de aproximadamente US$ 100 milhões todo mês. Além disso, a Oracle teme perder clientes para a IBM e para a HP durante esse hiato.

Fonte: Geek



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



Deixe seu Comentário