Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Google apresenta Nexus S | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Google apresenta Nexus S

A Google anunciou nesta segunda-feira que vai lançar seu segundo smartphone, em parceria com a Samsung, que rodará uma nova versão do Android. O Nexus S chegará a varejistas como Best Buy no dia 16 de dezembro, totalmente desbloqueado, e custará entre US$ 199 e US$ 529, de acordo com planos de assinatura.

Na avaliação do site PC World, o aparelho é uma variante levemente melhorada do Galaxy S, da Samsung. A nova versão do Android que virá com o telefone se chama Gingerbread, e inclui suporte para VoIP (chamadas via internet) e para a tecnologia Near Field Communication (NFC), que permite, por exemplo, que o consumidor pague compras ou bilhetes de metrô aproximando o aparelho dos leitores do supermercado ou da catraca. A ideia é estimular que desenvolvedores externos criem aplicativos para uso da funcionalidade.

O Nexus S terá ainda câmeras nas partes frontal e traseira e poderá realizar videochamadas, assim como o rival iPhone 4, da Apple. Sua tela será de Super AMOLED de quatro polegadas e terá resolução de 480 por 800 pixels. O vidro terá um ligeira curvatura co o objetivo de ser mais confortável para o usuário segurá-lo junto ao rosto. O aparelho vai ser fabricado com memória interna de 16GB e câmera de 5 Megapixels com flash embutido.

Executivos de empresas de telecomunicações disseram ao “The Wall Street Journal” que o primeiro smartphone da empresa, o Nexus One, teve mau desempenho no mercado. O Nexus One foi lançado no começo de 2010 e era vendido diretamente aos consumidores por meio da Google Web Store, fechada pela empresa há algum meses.

Apesar do fracasso do Nexus One, o sistema operacional Google para smartphones é um sucesso que, segundo especialista, ultrapassará os produtos Apple nesse mercado. Em outubro, celulares com Android já tinham 23,5% dos assinantes americanos, perto dos 24,6% da Apple. A líder ainda é a Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, com 35,8% de participação, mas a empresa apresenta queda acentuada, já que possuía 39,3% em julho.



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



Deixe seu Comentário