Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Quer um HD Externo de 500 Gb por R$ 170? | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Quer um HD Externo de 500 Gb por R$ 170?

No meado de julho tive um problema com meu pendrive[bb] de 8 Gb e, lamentávelmente, me vi numa situação onde não tinha saída: jogar o pendrive fora. Triste… bom, então vamos ver o que comprar para substituir. Lógicamente, se eu tinha um de 8 Gb, eu tinha que comprar um do mesmo tamanho ou um maior. Optei por um maior e sai a caça de um novo pendrive de 32 Gb pois seria o ideal para minhas necessidades.Só que os preços de pendrive dessa capacidade estão na faixa de R$ 160,00 e ao discutir isso com um colega de trabalho ele me mostrou um hardware da série “FAÇA VOCÊ MESMO” – um HD[bb] externo de 500 Gb que saiu pra ele na faixa de R$ 180,00. Isso foi o suficiente para puxar o freio de mão e verificar a informação. Qual é a diferença entre um HD externo e um HD em um case? NENHUMA! Sério! O que acontece é que você está comprando uma caixa fechada pelo fabricante – apenas isso!

Na verdade hoje em dia, é muito fácil (e barato) para você montar um HD externo. Estamos falando de um HD de notebook[bb] e de um (bom) case. Aceitei a sugestão e corri atrás para montar meu HD externo e hoje estou feliz da vida com 500 Gb no bolso da camisa[bb]!

Como as coisas boas nós temos que dividir, fiz questão de montar um passo-a-passo de como montar um, com direitos a fotos. Então siga a receita abaixo e tenha seu HD externo e seja feliz!

1º – PASSO: Pesquisa de preço

Nunca saia para comprar hardware sem uma pesquisa de preço! É extremamente importante pois aí é que você economiza dinheiro. Se você estiver no Rio de Janeiro, recomendo que você use o site boadica.com.br. Este site faz uma cotação de preços das lojas cadastradas e é muito difícil vc achar mais barato do que neste site. Quem tiver outras sites de outros estados me avise que eu posto aqui. No boadica.com.br eu achei, no momento da edição deste post, o HD Samsung de 500 Gb Sata II a R$ 154,79.

Já o case, eu comprei o da Philips que me foi altamente recomendado. Tem um bom acabamento, vem completo inclusive com capa de couro. Vocês não precisam comprar exatamente este mas se aconselhem com quem entende do assunto e comprem um bom case. Lembrem-se que você carregará dentro dele 500 Gb de informação. No boadica.com.br eu achei, no momento da edição deste post, o case da Philips[bb] de 2,5″ estava a R$ 14,37.

2º – PASSO: Montagem

Extramamente simples a montagem, basta ter calma e não tremer muito (rs). Brincadeiras a parte, vamos abrir a caixa do case e tirar o HD da embalagem.

O HD não tem muito o que falar, é um HD comum de notebook. O case da Philips traz na sua embalagem:

  • case, propriamente dito,
  • parafusos para montagem,
  • chave philips,
  • cabo usb e
  • mini cd para instalação em sistemas operacionais mais antigos.

O aviso que eu dou é para ter muito cuidado com os parafusos pois são minúsculos; se perder só tem mais um de reserva. Agora vamos abrir o case para inserir o HD.

Ao retirar a tampa do case você verá a interface SATA para conexão do HD ao case. Uma conexão SATA, além de garantir uma boa velocidade de transferência de dados, não necessita de parafusos para conectar o HD na interface.

Repare que a interface deve ficar bem ajustada ao HD, não deve haver um espaço “frouxo” entre as partes. Esta conexão pode ser monitorada por um led na frente que ficará vermelho enquanto acessado e verde quando em stand by via USB.

Agora encaixe o HD no case e aperte os parafusos laterais para fixar a tampa da interface ao case. Nesse ponto você deve ter muita atenção, calma e paciência. Por que? Simples: o parafuso não entra muito fácil e se você colocar força ele acaba “espanando” na rosca e não vai se fixar.

Pronto! Você já tem seu HD externo! Coloque na capa de couro que o acompanhe e leve seus 500 Gb de informação para todo lado!

Divirta-se!
Pastor Claybom



Publicado por Pastor Claybom, pai apaixonado, nerd como marca de nascimento, geek por paixão, adorador por excelência. Enfim, um servo de Deus que tenta entender tudo o que Ele nos oferece no dia a dia.



8 Comentários para “Quer um HD Externo de 500 Gb por R$ 170?”

  1. Ricardo Ferro disse:

    Boa dica, mesmo. Fiz e faço exatamente isso aqui em casa. Só tenho um HD fechado pelo fabricante (Seagate), os outros são montados por mim mesmo.
    A dica complementar que eu gostaria de deixar é que procure comprar um bom HD, de boa marca e modelo. Marcas e modelos que frequentam muito as assistências técnicas são promessas de possíveis dores de cabeça. Informe-se.
    A outra dica, é muito pessoal, mas acho válida: faço os HDs externos para backups de segurança (arquivos de trabalho e de clientes). Meu medo é que, por tratar-se de um aparato mecânico/eletrônico ele possa dar pau de uma hora pra outra (acredite, isso pode acontecer com qualquer equipamento). Portanto, eu costumo usar os discos de Backup com capacidade não maior que 500 GB. Se der pau em um, perco alguma coisa, mas não tanta coisa assim. E, sim, faço espelhamento de discos de backup.
    Mas se a dica do Pastor Claybom é para transporte, vc pode realmente optar por discos maiores.

    Mais um comentário: Os pen drives usam memória sólida, muito mais confiável que os HDs com suas cabeças de leitura e discos mecânicos. A memória sólida não sofre desgaste físico como os HDs convencionais. Quando os discos de memória sólida (SSD) estiverem no mercado a preço competitivo será muito mais lindo de ver discos menores, com capacidades maiores, numa relação custo/GB muito mais acessível.
    E aí, claro, eu migro pros SSD e abandono meus HDs de vez.
    —-
    Detalhe:
    Os discos de 2,5´são os discos usados nos Notebooks. A alimentação deles é de 5V, o que ocorre pelo mesmo cabo de dados (USB). Portanto, você utiliza um pequeno cabo para dados e força. E a portabilidade fica ainda melhor.
    Já no caso de querer construir um disco portátil com HD de 3,5´(os usados nos desktops), essa vai ficar comprometida porque os discos são maiores, os cases são maiores e a alimentação desses discos dá-se por uma fonte externa (de 12V). Portanto, mais trambolho pra carregar. E não vai no bolso, claro.
    Abraço!

  2. Anderson Roberto disse:

    Boa tarde. Excelente artigo, estava pensando em fazer isso, mas não tinha certeza se teria sucesso. Tenho uma dúvida, na embalagem do case da Philips, está escrito que é destinado a HDs de até 250Gb, esse HD de 500Gb funcionou corretamente?

  3. Alan Daniel disse:

    Fiz o mesmo, me livrei do pendrive, meu HD é de 320GB, e tem mais, você pode comprar um suporte e usar esse HD no seu PC.

  4. Raul disse:

    Ola. Gostei muito da dica, parabéns.

    Tenho uma dúvida. O tanto o HD como o Case tem que ser 2,5″, né? Ou o HD tanto faz?

    Abraços

    Raul

  5. Rafael disse:

    Eu não achei nesse preço só mais alto, da para fazer isso em um hd ide.

Deixe seu Comentário