Page optimized by WP Minify WordPress Plugin

 Jesus – A imagem que você deveria ver de si | Pastor Claybom
nav-left cat-right
cat-right

Jesus – A imagem que você deveria ver de si

Que imagem você vê de si ao olhar sua imagem no espelho[bb]? Você apenas nota o contexto físico? E o espiritual[bb]? Como anda? Será que condiz com o que você diz que acredita? A Bílbia[bb]irmãos, tem sido uma das maiores fontes de informação que vejo quando surgem alguma dúvida sobre como devo conduzir a minha vida. E podem acreditar, por mais que eu a leia, é uma fonte inesgotável de informação. Quero destacar este post uma pequena visão do livro de Filipenses, capítulo 2, versículos 1 ao 11, onde Paulo e Timóteo nos mostram um exemplo de um verdadeiro Mestre que nos ensinou a viver pelo Espírito e não pela vontade de nossa carne.

1-Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões,

2-Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa.

Se você ao ler esse dois versículos entendeu que pode ser Jesus, saiba que você nunca é ou mesmo será ou verá um dia alguém ser como Cristo. A sua Glória não é de homem algum. O que a Palavra nos ensina é de como devemos conduzir nossos sentimentos, nosso relacionamento com o próximo. Você tem tido o mesmo amor[bb]de Cristo? A sua comunhão com aqueles que lhe rodeiam é semelhante a de Cristo? Cristo não impôs condição alguma para amar alguém. Amava e se relacionava com as pessoas pelo que elas eram e não pelo que possuíam de bens ou status social. Não criticava o pecador, mas sim o perdoava e dizia-lhe: “Não peques mais”. Aprender com Cristo é a maior lição que um homem pode ter.

3-Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo.

4-Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros.

5-De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,

6-Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,

7-Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;

8-E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.

Se você, que possui um cargo[bb]de grande importância em sua empresa, algum dia em seu ambiente de trabalho[bb]visse a ter que fazer uma função de importância bem inferior ao seu cargo, como você faria? Murmuraria e deixaria o cálice do egocentrismo consumir sua mente e corpo ou faria sem problema algum dando Graças ao Pai por poder ter força física para concluir seu trabalho? Irmão, Cristo, herdou o cargo de maior importância nos ceús e na terra, o cargo de Salvador. Tudo lhe era permitido, inclusive o livramento de sua própria morte. Mas fez o seu trabalho sem contendas ou murmuração colocando em primeiro lugar o desejo do Pai. Tudo podia entre os homens mas fez questão de ser o menor entre eles, no que o tornou maior de todos. Irmão, não somos diferentes do outro por possuímos grandes bens materiais ou status[bb]social. Infelizmente muitos homens só reconhecem isto quando uma doença terminal o atinge e ele vê que toda a sua riqueza não é capaz de comprar sua vida ou o mais importante: A sua salvação. Pense bem nas suas atitudes do seu cotidiano. Veja as pessoas pelo seu caráter e não pelos seus bens ou status. Certamente você estará semeando em boa terra, pois afinal de contas, já pensou se o faxineiro da sua empresa um dia venha a ser o presidente da mesma? Ele certamente lhe honrará pela seu caráter. Então vai lá irmão, e lhe dê um sincero abraço e reconhecimento, assim como Cristo fez.

Finalizo aqui apenas destacando três versículos para que você entenda e reflita sobre o que Deus faz quando nossas atitudes são semelhantes a de Cristo:

9-Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;

10-Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,

11-E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.

Graça e Paz!

Rodolpho da Silva



Publicado por Rodolpho, Analista de sistemas, pai de família dedicado e servo do Altíssimo.



Deixe seu Comentário